sexta-feira, 24 de maio de 2013

Dicas para levar crianças a eventos públicos


Levar crianças em ambientes públicos:

Algumas dicas práticas para levar meninos pequenos a eventos públicos. Dicas estas testadas por mim na última Virada Cultural:

Vou frisar “meninos” porque sou mãe de um e tem coisas que não se aplicam a meninas, a saber:

- Meu filho esta com mais de 3 anos, por tanto, carrega-lo nos braços é praticamente impossível, então, o carrinho de bebê ainda é muito útil, seja para carregar a criança ou para colocar objetos. Mesmo utilizando transporte público consegui usar sem traumas, procurado elevadores para chegar nos locais, rampas e dobrando e carregando quando não possível. Na volta da virada o carrinho virou cama.

- Sempre leve água potável, servirá para beber, lavar mãos.

- Pode parecer maluquice mas é de uma praticidade incrível. Carrego sempre uma garrafinha plástica destas de água vazia. Para que? Ué onde seu filhote para fazer um “pipizinho” honesto?
Prático, muito prático, utilizo a “técnica” da garrafinha em longas viagens, passeios, quando você passar próximo de algum banheiro é só descartar o conteúdo. Foi por isto que disse que esta “técnica” é exclusiva para os meninos.

- Lenço umedecido para limpar o que precisar.

- Uma troca de roupa de acordo com o clima

- Como não ofereço guloseimas para meu filho acabo levando alguma coisa de casa, uma fruta já 
picada, uma bolacha (não recheada), um suco de caixinha.

- Guardanapo ou papel higiênico. Para utilidades diversas

- Saquinho plástico. Descartar lixo, ou até mesmo carregar algo não previsto.

- Dinheiro (preferencialmente trocado para facilitar a vida)

- Um brinquedinho pequeno e fácil de carregar, pode ser um carrinho, um bonequinho de plástico.
Vocês poderão pensar que carreguei uma mala de coisas, e juro uma mochilinha pequena, destas de criança coube tudo o que precisava. Não ficou pesado e até mesmo a troca de roupa foi utilizada a blusa para cobri-lo na volta.

Sei que tem mães que não carregam nada e também não passam apuros, mas este é o meu jeito e até o momento tem funcionado bem.

É isto.

2 comentários:

Marcelo Fujii disse...

Como você já sabe, tenho duas meninas, mas nada nos impedia de levar um kit básico onde incluiam fraldas, comida, bebida, mudas de roupa e, nem por isso carregar volumes grandes. Como você, tudo cabia em uma mochila, o que é mais prático do que levar aquelas bolsas de bebê que podem até ser bonitinhas, mas nada práticas quando é preciso cuidar de crianças. Nessa vida precisamos ser práticos, rápidos, mas nem por isso descartáveis.

Diane Lorde disse...

Concordo Marcelo e o legal é ir aprendendo conforme as necessidades.
Beijão:)