quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Um dia de cada vez

Já sabem que passarei algum tempo contando as novidades de ser mãe.

Hoje neném completa uma semana de vida.
Ainda estou no embroglio com a amamentação, porque não é tão fácil como nas telenovelas em que o leite da protagonista é mostrado jorrando na boca da cria.
Não, caras amigas, não é assim que funciona, aliás, não funciona, principalmente para quem como eu teve a sorte de nascer com os bicos para "dentro" (se é que me entendem), isto nunca me havia causado qualquer transtorno até hoje, dia que virei mãe e meu filho querido amado, salve, salve só pensa em mamar na vizinha.
Quando depois de aproximadamente 3 horas de choro initerrupto ele resolve mamar no meu quase bico, (às vezes utilizo o de silicone), ele fica feliz, eu também, óbvio, mas é impossível conter minhas lágrimas de satisfação sim, mas de DOR maior ainda.
Ai eu choro com meu filho, pela segunda vez...
Sei que vou conseguir, porque os bicos irão calejar, o leite irá desempedrar cada dia com mais facilidade mas até que isto aconteça sei que não parecerá tão fácil.

Mas, por mais incrível que possa parecer estou calma, confiante, choro só mesmo nos momentos em que a dor consome meu cérebro e o raciocínio lógico me abandona, depois passa e olho para os doces olhos puxados que consegui fabricar e meu coração se enche de certeza que só mais algumas horas para que as coisas comecem a entrar nos eixos.

P.S. Neste momento são 2h57 da manhã neném dormiu à pouco, vou aproveitar e deitar de mansinho antes que ele acorde....rssr

O primeiro dia

Recebi alta no domingo.
Chegando em casa...Não, os sininhos não estavam tocando...
As dores ainda fortes;
O cansaço que tomava conta do meu ser;
Pessoas me aguardando em casa;
Um sono incontrolável devido noite mal dormida;
E um bebê lindo porém que urrava de fome;

Chorei junto com meu filho pela primeira vez.

Mas, como não sou mulher/mãe de ficar vendo filho chorar e nada fazer, fui à luta e recorri à pessoa mais próxima literamente; Minha vizinha (de parede), ela deu à luz à 4 meses, ainda esta amamentando (Graças ao bom Deus) e foi ela a salvação do domingão do meu Daniel Kenji, que mamou o quanto pode e se fartou na vizinha.
Que Deus a abençoe e que nunca falte alimento em seu lar, é a única coisa que posso desejar do mais fundo da minha alma cristã.
Porque ver filho chorar, tendo leite e não conseguir amamentar realmente não foi fácil.

O Parto

Sim, foi cesareana.
Verficando-se o tempo de gestação, a falta de dilatação e o tamanho da cria, foi o melhor que podiam ter feito por mim...
Hei, eu disse o melhor?
Sei lá, mil coisas, na verdade, nunca saberei se foi realmente "o melhor" só sei que nasceu e doeu, doeu e agora quase, disse quase, não dói mais.
Ainda estou com os fadados pontos, que segundo Dr.parideiro só serão retirandos após 15 dias do ato.
Até lá, muitos remédios, alguns esforços contidos e trabalho, muito trabalho com o bebê.
O parto em sí, é mesmo light, porque no momento da retirada do bebê não se sente absolutamente nada porém, sempre há um porém, depois de passados os efeitos da Morfina (sim tomei Morfina), a dor vem com tudo!
Dói a incisão, as mamas, a barriga (cheia de gases), as costas...
2 dias depois já estava melhor, nada que se dissesse óh que beleza mas, melhor.

Nasceu


Peso: 3,380kg
Tamanho: 49 cm
Detalhe: uma única pinta no braço esquerdo
Tipo sanguíneo: B+ (porque não podia nem o sangue ser da mãe)
Característica: Japinha de todo (adorei)
Detalhe mais específico: LINDO!!!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Amanhã de manhã

E finalmente chegou o grande dia!
15 outubro 2009, 5ª feira, primavera, Brasil/São Paulo/ Maternidade São Luiz
Parece que foi ontem que decidimos fazer a encomenda;
Parece que foi ontem que decidi;
E dentro de poucas horas estarei com você em meus braços..
Para poder te abraçar;
Para poder te alimentar;
Para poder te amar.
Amanhã de manhã será um novo começo um Novo Amanhã e neste exato momento estou sentindo muita paz....

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Lembrancinha básica

Chocolate ao leite, em barra derretido e colocado em formas de "bichinhos".
Lembrancinha de maternidade, boa, bonita, barata e gostosinha feitas por mami´s que permanece ao meu lado no aguardo e na ansiedade nossa de todos os dias.

É primavera

Primavera!
Seja muito bem-vinda!
Apesar da chuva e do frio que hoje faz na capital paulista.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Não ainda...

Dr.parideiro disse que neném provavelmente somente no feriado, neném gostam de nascer no feriado, ao menos o trânsito estará mais fácil...
E a ansiedade?
Juro que estou calminha... já que ele não quer vir ainda deve ser porque as instalações uterinas estão boas...
Permaneço no aguardo.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O quarto

Finalmente, e já não era sem tempo, o quarto do Daniel Kenji ficou pronto, o único detalhe é uma poltrona que me prometeram para até dia 20 mas até aí, foi novidade e não estava incerida nos planos originais...
Ficou uma graça, agora só falta o "dono" do ambiente chegar para usufruir de toda graça, comodidade e prazer... sem modéstia.