quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O primeiro dia

Recebi alta no domingo.
Chegando em casa...Não, os sininhos não estavam tocando...
As dores ainda fortes;
O cansaço que tomava conta do meu ser;
Pessoas me aguardando em casa;
Um sono incontrolável devido noite mal dormida;
E um bebê lindo porém que urrava de fome;

Chorei junto com meu filho pela primeira vez.

Mas, como não sou mulher/mãe de ficar vendo filho chorar e nada fazer, fui à luta e recorri à pessoa mais próxima literamente; Minha vizinha (de parede), ela deu à luz à 4 meses, ainda esta amamentando (Graças ao bom Deus) e foi ela a salvação do domingão do meu Daniel Kenji, que mamou o quanto pode e se fartou na vizinha.
Que Deus a abençoe e que nunca falte alimento em seu lar, é a única coisa que posso desejar do mais fundo da minha alma cristã.
Porque ver filho chorar, tendo leite e não conseguir amamentar realmente não foi fácil.

Nenhum comentário: