sexta-feira, 31 de maio de 2013

Jantar no Giardino D'Lucca

 Sabe quando sem querer você sai para jantar sem nenhuma pretensão e acaba tendo uma enorme e grata surpresa!
Pois bem, foi exatamente o que aconteceu na última quarta-feira, dia 29.maio. Descobrimos o restaurante Giardino D’Lucca .
Sempre costumamos frequentar o local em razão do Restaurante Japonês do qual sou mega fã, aí na quarta um dos proprietários (Paulo) do Giardino D’ Lucca, nos abordou com uma promoção bem legal:
Jantam dois, paga apenas um!
Bem, e por que não?
Entramos e confesso ter ficado impressionada com tudo o que vi:
- Ambiente charmoso e aconchegante;
- Excelente atendimento por parte de todos os funcionários, atenciosos, prestativos;
- Havia música ao vivo, MPB da melhor qualidade, voz suave, instrumentista perfeito;
- Com tudo isto a comida não poderia decepcionar né?! E não o fizeram, aliás, surpreendeu toda e qualquer expectativa, mesmo eu tendo escolhido um prato bastante simples, mas o tempero estava um “negócio” de bom!
Há muito tempo eu não ia ha um restaurante para tecer tantos elogios. Verdadeiramente muito bom.
Desejo a toda equipe muito sucesso e cada vez mais casa cheia, vocês merecem pois estão de parabéns, continuem assim. Super indico!
Avenida Eliseu de Almeida, 1077 – Reservas pelo fone: 3721-1440

Arranjo de mesa

Caldinho de abóbora de entrada

Coxa e sobre coxa frango, polenta fria e arroz branco


Detalhes do local




Uma petite sobremesa deliciosinha

A promoção

Outra deliciosa sobremesa


sexta-feira, 24 de maio de 2013

Dica - separar sacolinhas por tamanho


Sabe aquelas coisas bobas que funcionam?
Pois bem, esta é uma delas:
Separei numa caixa de papelão sacolinhas plásticas por tamanhos (PMG) assim quando você precisar de uma determinada medida não precisa revirar o "puxa saco" procurando.
Ai se você tiver algum talento (que não é meu caso) ainda pode dar uma garibada na caixa de papelão para que fique mais apresentável.







Frase


Não sou do Partido Verde (PV) mas acho a frase que esta escrita numa das paredes do partido na Avenida Rebouças bem legal.

Comida amarela

Outro dia "sem querer" acabei fazendo uma comida "amarela":
- Arroz com cenoura
- Nuggets (assados no meu Air Frier)
- Molho amarelo para os nuggets: mostarda, mel, limão e maionese
- Suco de laranja

Dicas para levar crianças a eventos públicos


Levar crianças em ambientes públicos:

Algumas dicas práticas para levar meninos pequenos a eventos públicos. Dicas estas testadas por mim na última Virada Cultural:

Vou frisar “meninos” porque sou mãe de um e tem coisas que não se aplicam a meninas, a saber:

- Meu filho esta com mais de 3 anos, por tanto, carrega-lo nos braços é praticamente impossível, então, o carrinho de bebê ainda é muito útil, seja para carregar a criança ou para colocar objetos. Mesmo utilizando transporte público consegui usar sem traumas, procurado elevadores para chegar nos locais, rampas e dobrando e carregando quando não possível. Na volta da virada o carrinho virou cama.

- Sempre leve água potável, servirá para beber, lavar mãos.

- Pode parecer maluquice mas é de uma praticidade incrível. Carrego sempre uma garrafinha plástica destas de água vazia. Para que? Ué onde seu filhote para fazer um “pipizinho” honesto?
Prático, muito prático, utilizo a “técnica” da garrafinha em longas viagens, passeios, quando você passar próximo de algum banheiro é só descartar o conteúdo. Foi por isto que disse que esta “técnica” é exclusiva para os meninos.

- Lenço umedecido para limpar o que precisar.

- Uma troca de roupa de acordo com o clima

- Como não ofereço guloseimas para meu filho acabo levando alguma coisa de casa, uma fruta já 
picada, uma bolacha (não recheada), um suco de caixinha.

- Guardanapo ou papel higiênico. Para utilidades diversas

- Saquinho plástico. Descartar lixo, ou até mesmo carregar algo não previsto.

- Dinheiro (preferencialmente trocado para facilitar a vida)

- Um brinquedinho pequeno e fácil de carregar, pode ser um carrinho, um bonequinho de plástico.
Vocês poderão pensar que carreguei uma mala de coisas, e juro uma mochilinha pequena, destas de criança coube tudo o que precisava. Não ficou pesado e até mesmo a troca de roupa foi utilizada a blusa para cobri-lo na volta.

Sei que tem mães que não carregam nada e também não passam apuros, mas este é o meu jeito e até o momento tem funcionado bem.

É isto.

Virada Cultural






Já faz praticamente uma semana da Virada Cultural aqui da capital e eu nem havia comentado os prós e contras do evento, então, vamos lá:

Desta vez estive com japakid e japamarido na Viradinha Cultural, aquela com programação destinada a crianças. Foi lá na Estação da Luz.
Com direito a show, palhaços, o próprio Parque da Luz. Curtimos bastante, filhote também gostou.
A parte infantil estava ótima. Só senti falta de uma área com algum tipo de comida além de pastel que pudesse oferecer para ele, porém como sou mãe prevenida acabei levando “alguma coisa de casa mesmo”, só “morremos” com os R$9,00 cobrados por uma tigela de açaí num bar nas imediações, bar este impróprio para menores de 40 anos, tanto que comprei e voltamos para tomar no parque.

Fomos também à Pinacoteca. Muitos podem me perguntar:

- Porque levar uma criança tão pequena (3 anos e 7 meses) num lugar para ver quadros obras de arte?

Respondo com muito gosto! A vida não são somente videogames, carrinhos e bola, acho mega importante mostrar um pouco de tudo e quando ele for maior já estará acostumado com tudo o que a vida pode lhe oferecer. E o mais legal é ver a reação das pessoas ao vê-lo olhando as obras, atento curioso e com as mãos para trás, para não correr o risco de colocar as mãozinhas naquilo que não pode.

Fato engraçado que estou rindo há uma semana:
Sempre falo para o D.Kenji que não pode ficar colocando as mãos nas peças expostas porque se não as “coisas” ficarão pretas, sujas. Aí estávamos diante de uma obra de uma mulher negra, e fiz o comentário, japakid mais que depressa se vira para mim e fala: Entendi mãe, fica preta igual esta.... risos, muitos risos, só consegui concordar, àquela altura do negócio, não dava para explicar mais grandes coisas...rsrsrs
Ainda tentamos ir até a Praça da Sé, para assistirmos aos shows do humor, mas lá mesmo com todo policiamento, foi impossível. Uma pena.

Saldo da Virada:

Dia seguinte ouvi notícias sobre mortes, confusões, algumas tragédias. Penso o seguinte:
Infelizmente tragédias não marcam nem dia nem hora, você pode estar se divertindo e ser atingido por uma bala perdida. Não estou justificando e continuo achando que policiamento nunca é demais, eventos públicos precisam de segurança sempre à todo momento, ainda mais coisas deste porte. Deixo meu sentimento de alegria por ter visto meu filho tão feliz e minha tristeza e indignação pelas pessoas que nunca mais poderão participar de tais eventos.


Processador


Alguns itens na cozinha são realmente dispensáveis mas este mini processador é  realmente tudo de bom. Eu possuía outro que acabou quebrando devida grande utilização, então, como não fico sim, esta foi a nova aquisição.


quarta-feira, 15 de maio de 2013

Bolo de caneca

Eu sei que bolo de caneca é quase "fim de carreira" para uma aprendiz de cozinheira como eu,  mas como tudo nesta vida tem um mas.. Resolvi experimentar e confesso não ter me arrependido. Claro, nunca será como um "bolo de verdade" mas ao menos mata a vontade de comer bolo quentinho e o melhor, não fica sobrando para o dia seguinte, é  para comer e acabar. 
Chega até a exalar um aroma de bolo caseiro. Curti!




Doce de mãe

Mami´s sabe que sou doidinha num arroz doce e antes de voltar para Minas, tratou de deixar um delicioso para eu saborear na sua ausência. Fala se não é uma doçura?

Mundo mulherzinha



Só mesmo sendo mulher para gostar de "coisinhas" coloridas...
Que tal frigideira amarela ou azul, e as lixas, cada uma de uma cor? Fala se não é ao menos mais divertido?

3 anos e 7 meses


Os meses estão passando tão rapidamente que ao olhar você crescendo e suas calças ficando curtas percebo que aquele bebezinho já ficou para trás há muito tempo.
Sindo saudades de você pequenino em meus braços. Não, não quero de maneira alguma outro bebê, só uma certa nostalgia ao perceber que o tempo é implacável e que devemos aproveitar cada instante, porque é único e não volta.
Parabéns meu filho por crescer forte, saudável e cada vez mais lindo!
Te amo cada vez mais.

domingo, 12 de maio de 2013

Dia das Mães


Meu particular jardim florido
Todas as mães sempre são





Meu dia das mães começou oficialmente uma semana antes com a ida até a escola do japakid participar da festividade que os alunos e professores programaram. Plantamos muda de planta junto com o filho, fizemos tour pela escola, participamos do lanche, a ginástica conjunta aconteceu mas fiquei de longe porque filhote não quis participar devido as bexigas que estavam sendo estouradas e ele simplesmente detesta o estrondo.
Hoje data oficial do dia das mães, japakid passou o dia com o pai enquanto a mãe trabalha, mas não reclamo não, primeiro porque tivemos o "nosso dia das mães" segundo que embora trabalhando, fui lembrada de várias formas: telefonemas, mensagens, flores (cunhados, chefe2, restaurante Veggies na Praça, Purple Queen, e um lindo pingente da Ferrari). Tudo de bom!
E passei o dia feliz, com saúde e tendo um belo motivo para comemorar.
Parabéns para todas as mães.


sexta-feira, 3 de maio de 2013

Festinha do dia das mães

Com a proximidade do dia das mães eu já me sinto mais chorosa só de ver todas as propagandas, as dicas e tudo o que o comércio faz para continuar tendo uma das melhores épocas do ano para se vender bastante. Fora isto, a parte bacana e menos comercial sem dúvida é participar da festa na escola do japakid.
O convite foi confeccionado pelas professoras ele foi apenas o entregante..rsrs
Amanhã será a festa. Será que vou me emocionar?

Salada

Padaria Vila Sônia - Av. Francisco Morato, 2878

Em outra vida eu devo é ter sido mesmo uma bela lagarta!
Sou muito fã de salada. Em casa geralmente opto por salada verde simples mas quando saio adoro experimentar e ou montar uma saladinha menos básica.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Restaurante e Bar




Este ano estive em dois restaurantes que gosto bastante e já fazia muito tempo que não frequentava ambos. De estilos completamente diferentes, mas cada qual bom em seu estilo.

Roma Ristorante - Rua Maranhão, 512 - Morro de amores por comida italiana, e este lugar é perfeito para um excelente prato, legal é poder saborear com tempo sem correria, como uma boa comida deve ser. O lugar é super tradicional será de bom tom ir vestido com roupinhas um pouco mais formais para não destoar muito dos frequentadores. Para comer muito bem e relaxar entrando no clima da decoração  e dos educadíssimos atendentes.

Bar do Juarez (www.bardojuarez.com.br) como o próprio nome diz, é um bar legal para reunir amigos,  assistir tv aberta e jogar conversa fora, há quatro endereços. Lugar descontraído e barulhento mas a comida é boa, e o atendimento não deixa a desejar.



Povo porco


Então, noite destas levei filhote para brincar na praça (José Ória) que fica ao lado de casa.
Subimos, descemos e estávamos nos divertindo, eu sempre preocupada com a segurança dele, quando mais que de repente quem cai estatelada sou eu!
Ao descer uma rampa não percebi que o “povo porco” havia deixado um pedaço de acrílico no final da rampa e como a iluminação do local não é das melhores, o escorregão foi inevitável.
Bati as costas, ralei a mão, e o pior foi o pé que esta com um machucado fundo me impedido de calçar determinados tipos de calçados.
Sei que acidentes infelizmente acontecem e só agradeço que tenha acontecido comigo e não com meu filho. Graças a Deus para meu filho sobrou apenas a preocupação de me ajudar e de beijar meu pé para que curasse mais rapidamente.
Fico pensando quando é que as pessoas serão menos porcas e vão parar de emporcalhar a cidade onde vivem. Ninguém pensa nas consequências, e se eu tivesse quebrado algum membro com a queda que levei? Quem iria se responsabilizar?
Pessoas, cidadãos, sejam civilizados, joguem lixo no lixo caso contrário a próxima vítima poderá ser você!