segunda-feira, 29 de março de 2010

Subterfúgio Adaptativo

Já ouviram falar em gambiarra né?
Mas como não sou destas coisas, apelei para o subterfúgio adaptativo, neste caso uma caixa que serviu muito bem obrigada de "abrigo" para filhote japakid quando não mais deseja ficar instalado em seu carrinho,
Aliás, que final de semana foi este?
Já esta na fase da super, hiper, mega curiosidade, quer mexer em tudo, comer tudo, lamber tudo e, se contrariado... ai, ai...
E viva a criatividade das mães multi tarefas.

Bolinho de Chuva (alienígena)

Deveria ter para mais de 10 anos que eu não comia bolinho de chuva (também conhecido como espera marido), aí muito da prendada que sou resolvi fazê-los claro que não sem a ajuda da Dona Benta Bolinho de Chuva, igual aquele que sua mãezinha fazia na infância.
A única diferença foi realmente o formato, me digam, alguém consegue de verdade, fazer bolinhas lindas com aquela massa?
O gosto esta realmente divino (e apesar da aperência engorduradaça), foi uma comilança só...
Agora que bolinha que nada, ficou cada um de um tamanho e o mais perto que cheguei de bolinhas foi uma aparência no mínimo alienígena.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Coxa

Quando a pessoa chega a ponto de dizer "a nível de", e escrever coxa com "ch" é porque relamente as coisas não estão nada, mas nada mesmo boas...

Pior foi procurar no google receita de "cocha de frango" - ainda bem que eu não encontrei, já pensaram no sabor?
Que medo de mim!
Vou escrever coxa 1000 vezes para não esquecer nunca mais, igual fazia quando estudava no antigo primário.

Sai Dengue!

Passaram aqui no bairro dedetizando tudo!
Tomara realmente que a bicharada desapareça.
Colaborem com a prefeitura paulistana, deixem os agentes realizarem seus trabalho, só é claro, certifique-se que são realmente os agentes verdadeiros... não custa lembrar.

Vixe, fiz uma quiche!

Esta é a prova de que o "abridor" de massa tucanesco funcionou muito bem!
A receita deste da Quiche Branca esta lá no rainhasdolar.com.br

Ô abre massa!

Deu na telha fazer uma massa, eu mesma e minhas próprias mãos mas, porém contudo, todavia, como é que eu iria abrir a dita massa sem pau (rolo de bater no marido)?
Quem não tem cão, caça como gato certo?

Procurei algo roliço e me deparei com o espremedor fazedor de caipirinha estiloso de tucano; e não é que deu certinho?
E viva minha massa!

Gominhas

A esperta aqui gosta muito de gominhas de ursinhos, aí resolvi colocá-los no porta-luvas do carro para comê-los de vez em sempre, precisa dizer que viram alienígenas?

Cãoguia

Outro dia no metrô vi um cãoguia, não pude deixar de me emocionar e pensar: a pessoa deficiente visual usando os olhos do cão para se locomover, "ver" e viver.
É realmente quase inacreditável.
Sempre bom lembrar: quando vir um deficiente com um cãoguia, não mexa com o cachorro, ele poderá se distrair e o prejudicado será seu dono; apenas admire olhando...

terça-feira, 16 de março de 2010

5ºMêsversário

Ontem Daniel Kenji completou 5 meses.
A foto que ilustra esta passagem foi tirada no sábado num dos muitos aniversários infantis que iremos comemorar na vida.
Não, filhote não ficou com medo do palhaço, ele queria mesmo era arrancar a "bolinha vermelha" para ver o que havia atrás.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Exame Demissional

Digam para mim, tem coisa mais besta que realizar exame demissional?
Não sei vocês mas o digníssimo que me "examinou" (hein), male má olhou na minha fuça, pior que exame médico do já instinto INPS.
Fala sério!
O dito Doutorrr, colocou o estetoscópio, auscultou 2 batidas - não pude deixar de pensar: se cheguei andando até aqui devo estar viva.
Aferiu a pressão arterial - ao menos isto ele deve saber fazer.
Perguntou para mim meu peso e alturas - pensei em dizer que pesava 32 kilos e tinha 1,80m mas deixei passar; ô preguiça danada sô, na sala há os equipamentos para isto.
Não que isto vá fazer diferença na minha vida, Graças ao bom Deus não, agora o camara se prestar há ser um médico medíocre que preenche papeis e nem isto faz direito ainda querer ser chamado de Doutorr é o fim da picada mesmo!
Fiquei pensando que como tem gente que ganha no mole, o camarada estudou (e não deve ter sido pouco), fez faculdade, juramento e virou um medicozinho de 5ª categoria.
Credo, que medo desta gente.
Pior é ter que ir nestes lugares para o cara dizer que você esta apta há ser dispensada.
Não estou aqui desejando que ele tivesse visto (impossível pelos "exames) visto algo, só fico indignada pela maneira como algumas coisas neste país simplesmente não funcionam!

Se eu não fizer meu trabalho bem feito sou dispensada e quem dispensa um camarada destes? Trabalhar e ganhar assim deve realmente ser muito bom.
Só um detalhe para finalizar, era médico de convênio e médico de convênio caro, conhecido, bacaninha.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia das Mulheres de Verdade

Gostei da frase da camapanha do Senac São Paulo:
"Não existe sexo frágil quando o conteúdo é forte".
É isto aí! Parabéns à todas MULHERES de VERDADE

quinta-feira, 4 de março de 2010

Pão com ovo




Pão com ovo alegria do povo!

Resfriadinho

Se eu queria trocar de lugar com você meu filho?
Ô se queria, permaneço querendo!
O 1º resfriado, coisa sem importância, quase tranquila, uma tossezinha aqui, um espirro alí, nada de febre (ainda bem), mas que dá um dó enorme, como dá!

Na minha vez

 
Sim, já ha algum tempo tenho feito esta constatação:
Na minha vez costuma ser mais difícil!
Carro novo, zero, muitas e muitas prestações pela frente, aí o que acontece?
O vidro simplesmente começa a trincar de repente, do nada, sem motivo aparente.
Sorte ter sido problema "deles" e não barbeiragem minha mas que isto vai me encher há isto vai!

Jogos Americanos

 
Marido voltou de viagem e trouxe estes lindos jogos americanos, eu por aqui estive no supermercado e encontrei o lindo copo plástico azul. Muito legal quando estamos em sintonia mesmo "sem querer".

Lavanderia moderna

Aí alguém me perguntou:
Mas porque mesmo lava as roupas do bebê no banheiro?
Motivo nº1: Praticidade; sai do corpinho da cria direto para a água;
Motivo nº2: Comodidade; lavar uma, duas, três peças não mata ninguém, agora juntar um montão...
Motivo nº3: Preguiça - A lavanderia fica ha exatos 5 lances (+ou - 45 degraus) de escadas de distância do banheiro para descer e lavar 3 pecinhas;
Motivo nº4: Água quentinha do chuveiro.
É isto aí, e viva às mulheres descomplicadas.