quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Saga do mal atendimento

Será que sou eu?
Sou formada em Comunicação e simplesmente O-D-E-I-O ser mal atendida, tá bom que a galera não goste mas ñ mudem suas vidas por isto mas, o fato de ser mal atendida, povo mal educado me estraga o bom humor de sempre...
Aí, lá fui comer no Giraffas, já havia comido outras vezes em outros endereços.. fico na longa fila, peço algo simples e infantil para ganhar brinde.
A mocinha fala o preço e entrego o VR, então, cadê a "maquininha", boa pergunta, quer que eu pule o balcão e a ajude a procurar?
A simpática mocinha, vai até o depósito e busca a dita cuja, me entrega a senha e pede para que eu aguarde.....
30 minutos depois...
Tá bom que não é fast food, mas mole food no horário do almoço e biboca lotada também já é demais..
Vou lá então perguntar..
Tá saindo...
Ok, então mande chegar porque necessito ir embora...
Peguei o prato, carne mal passada, sem sal, ao menos as batatas giraffas estavam comestíveis...
E o brinde?
Volto para o balcão
Cadê o brinde
Peraí que acabou e já foram buscar...
10 minutos depois...
Já chegou?
Ainda não...
Ok, então assine aqui que virei retirar mais tarde...
Peraí...
O fulano! Assina aqui pra moça pegar o brinde depois
(neste momento o restaurante me olha com cara de débil)
Aí vem um ser com a agilizada lesmática e me pergunta:
É para a senhora?
Resolvi não comentar e pegar o brinde (que não valeu o esforço).

Estou pensando seriamente em montar uma consultoria para ensinar ao povo ao menos como não perder clientela...

Obs.: O brinde é uma camisetinha infantil chinfrim...

2 comentários:

Laura disse...

Eu passo cada uma por aqui.... Tem dias que da um arrependimento de ter saido de casa.

Bjsss

Diane Lorde disse...

Acho que deve ser um tipo de praga universal - Mal atendimento, um dia ele pegará vc. tbém... - credo!

Bjim procês!
E bebêdocinha tudo certo?!