quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Esperar

Tá bom que esperar que o marido saia do trabalho não é algo tão difícil assim, agora, esperar por quase 2 horas já é digamos, um pé no s%%%co.
Saio eu então correndo da minha showinglêsaula para que o japolino não espere, chego ao local, e vejo aquela ceninha já conhecida - japa no micro, falando ao telefone, cabelos (poucos) em pé e pra completar carinha de que ainda tenho mil e-mails para responder mas, tudo bem, sou paciente...
Vou ao banheiro, tento um diálogo inútil, abro uma revista, abro outra revista, ameaço dormir na mesa!
Ê, que bom, vamos embora!
Olhei para o relógio e já haviam se passado uma hora e cinquenta minutos!
Nem eu sabia que era tão paciente!
Já falei que a semana esta comprida demais?

2 comentários:

yaralucas disse...

Hahaha, ainda bem que Japa não é garoto de programa :o) senão aí é que não ia ter hora pra sair mesmo. O último record de Dedé foi 2:30 da madrugada. E eu estava esperando: dormindo, hohoho. Tinha um projeto pra entregar, cronograma apertado...

Diane Lorde disse...

Yara, estes homens aida vão nos enlouquecer, esteja certa disto! E sabe o que é pior nesta história? É que eu sempre acredito quando ele diz "já estou saindo..."