segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Serviços, serviços

A falta de atenção com que alguns profissionais nos tratam geram dúvidas quanto à qualidade do serviço prestado.
A saber:
Estive ontem levando meu filho para fazer exames num laboratório bem indicado aqui em S.P.  primeiro que já somos “obrigados” a chegar muito cedo para sermos atendidos com mais dignidade, segundo que deixar criança de jejum é quase um “pecado” aí me apresento na recepção com os documentos necessários do paciente. Quando a atendente faz as perguntas de praxe onde respondo prontamente embora o sono estivesse fazendo parte do meu ser...
Mas o jejum para este exame são de 8 horas.
Sim moça, eu sei, porém a paciente não sou eu.
É meu filho de 2 anos e 11 meses, portanto, conforme orientação, jejum de 4 horas, certo?
Mocinha sem reação ainda ficou uns 5 segundos olhando para minha cara.
Será que eu tenho cara de criança, será que custa a atendente LER o nome do paciente e se certificar que a pessoa que esta na sua frente é a mãe do mesmo e não a paciente em questão.
Olha, sei que sou sem paciência para um monte de coisas, mas para mim quem trabalha na saúde (eu falo por experiência própria) sempre deve estar muito atento a tudo que se passa. Aprendi isto numa das primeiras aulas na Cruz Vermelha:
Paciente certo, medicamento certo, via correta, horário correto, estas informações valem tanto para hospitais quanto para laboratórios.
Bem, saímos do laboratório e depois de 3horas e 30 de exames filhote mais que merecia alguma regalia: Então bora comer uma “porcaria” mais ou menos saudável, paramos no Habib´s da Avenida Eliseu de Almeida, tudo indo bem até colocarem gelo no chopp do japamarido, ok, ok, nada de tão grave e levamos na esportiva  mas, uma vez mais penso, se o cara é capaz de colocar gelo num chopp sem o cliente ter pedido, onde é mesmo que estava a cabeça do funcionário?
Fora que o povo é confuso, troca pedido, demora, entrega na mesa errada...
Sei não, acho que falta muito treinamento e só o treinamento insistente é que nos leva a perfeição, seja trabalhando em laboratórios, clínicas, balcão de fast food, etc...


Nenhum comentário: