segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Chove chuva, chove sem parar

E hoje é 2ª feira, chove torrencialmente nesta terra paulistana!
Saí correndo de casa, sem moto, por motivos óbvios;
Peguei o bus, fiquei com dor nas costas por tentar dormir e não conseguir;
Desço para pegar o 2ºbus, ponto lotadíssimo;
Vou para outro ponto depois de tentar por 15';
Espero, espero;
Lá vem o bus amarelinho;
Entro e percebo que esta fazendo um caminho diferente, muito diferente daquele que possuo em minha cabeça;
Claro esperta!
Não é este bus!
Desço ando uns 10' correndo na chuva, que guarda-chuva não segura.
Pego outro bus, desço e já sinto os dedinhos molhados dentro do tênis, a calça molhada, os cabelos arrepiados.
Não vou maldizer, porque se não fosse 2ªfeira, seria 3ª!

Nenhum comentário: