sábado, 9 de junho de 2012

Honestidade

Hoje o post é sobre honestidade!
Mês passado estive no zoológico do Taboão da Serra, mais conhecido como parque das Hortências, porque na verdade é um parque que abriga bichos e não um zoológico como aquele que estamos acostumados em São Paulo.
Dito isto, alardeio em alto e bom som que ainda existem pessoas honestas neste planeta, e que nem tudo parece perdido!
Estavamos eu, japakid, amiga com mais  2 crianças, no referido parque na hora de irmos embora, aquela confusão de sempre, atenção diminuída e ao invés de colocar a "pequena" carteira em uma das sacolas que havia levado, a bonita foi parar no chão sem que nenhum de nós percebêcemos.
Chegando em casa me dei conta do ocorrido, tentei, ligar, fui novamente até o parque na esperança de ainda conseguir entrar pois sabia exatamente onde havia acontecido o fato.
Nada, em vão, voltei para casa com a sensação péssima de ter perdido documentos, dinheiro, cartões de banco, etc, e embora eu não costume carregar a "casa" na carteira o que vai lá dentro faria muita falta assim mesmo.
Dia seguinte logo cedinho, volto ao parque com japakid novamente e japamarido que ainda não conhecia o local. Chego para o segurança e pergunto pela carteira quase chorando, ele me fita bem, pede para que eu aguarde um segundo, dirige-se até uma mesinha no interior do escritório e traz minha carteira querida intacta, me fez abrir ainda na frente dele para que eu me certifica-se de que estava tudo lá inclusive os R$14,50, ou talvez um pouco mais contando as moedas...
Fato é que quase agarrei o homem, chorei, sorri, pulei, não acreditei!
Ele nem queria aceitar a minha humilde gratificação, aceitou apenas por minha insistência.
Volto a dizer, ainda tem gente honesta neste mundo!
Mas uma lição aprendida com esta história toda é:
- Quando for mexer em carteira/documentos em locais públicos sempre fique atenta ao que esta sendo feito do começo ao fim;
- Quando sair com crianças, que necessitam atenção o tempo todo, tente deixar as coisas mais práticas do que acha que faz normalmente;
- Eu só mexi na carteira ainda dentro do parque para separar o  dinheiro do guardador de carros, caso tivesse feito isto na frente do mesmo pode ser que nunca mais tivesse encontrado a dita cuja;
- E claro, a última e mais preciosa dica, PRESTE ATENÇÃO AOS SEUS PERTENCES! nem sempre você contará com a sorte e honestidade que eu tive naquele dia.

Nenhum comentário: