terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Creche

 
 Quando estive lá a creche pela 1ªvez, me senti a última das criaturas... nossa que mãe sem coração, deixar um bebezinho tão pequenino nas mãos de estranhos....
Quando lá estive, no último dia 4 (início das "aulas") vi um monte de pais, mães, avós, na mesma situação... sempre achamos que os nossos "problemas" são diferentes dos outros; realmente, não são!
Mami´s estava lá ao meu lado para se certificar de que tudo daria certo.E esta dando!
Não senti o nó na garganta como daquela 1ªvez.
O cartaz que ilustra esta postagem esta colado na porta da creche para que se tenha a certeza de que lá é e será muito melhor para Daniel Kenji.
Há sim, já ia esquecendo de contar, enquando os bebês maiores choravam, DK estava achando tudo uma graça!

6 comentários:

Alice ainda mora aqui disse...

saudade de vc e de suas aventuras de mãe de primeira viagem! Voltei, gata garota! Suba ao lustre.

besos

Diane Lorde disse...

E já não fui lá te visitar? Estava com saudades:)

Mamy Lu disse...

Primeiro dia de "aula" não é facil... passei por isso há 2 anos e sei bem como é.

Mas vou dizer, vale muito a pena. Eles sabem como estimular os pequenos, ensinam a comer de tudo e a serem sociáveis.

Todos que conhecem a pequena Giulia ficam encantados com o jeito dela, com a esperteza dela. Ela já sabe comer sozinha, já tirou as fraldas, conversa e brinca com todo mundo.

Às vezes penso que acabo perdendo muito do convivio no dia-a-dia, mas sei que fazemos o nosso melhor e que esse é o melhor para ela também!

Espero que seja tão bom para vc quanto está sendo para mim!

Beijos

Ane Brasil disse...

AULA???? hauhauhauhauahu!
Eu me divirto com os dramas da maternidade.... esquenta não, fia, logo, logo o pirralho vai estar cambaleando pelo mundo, botando tudo quanto é coisa na boca... tasca um mebendazol a cada seis meses e a mãe natureza se encarrega do resto...
Ah, e tenha certeza de uma coisa: muito melhor um pirralho independente desde cedo que um toiço que vai morar com a mãe até os 40! (ui, deus te livre!)
Sorte e saúde pra todos - sobretudo pro pirralho!

Diane Lorde disse...

Oi Mamy Lu,
Concordo plenamente, já esta valendo a pena, o sacrifício, e qual mais adjetivos quisermos dar. Criar um ser independente Homem no sentido mais amplo da palavra é tudo o que verdadeiramente eu possa desejar.
Muito grata pela visita!

Diane Lorde disse...

É verdade Ane, o garoto nasceu "ontem" e já começa aprontar, já esta cheinho de vitamina "S" ("sujeira")..rsrs
40 anos morando com os pais, nem pensar mesmo!rsrs
Quero que ele seja dono do próprio nariz bem cedo, que me peça conselhos, mas que seja capaz de discernir o certo do errado por sí só.
Adoro a dica do medicamento:)
Beijocas.